Caetano Veloso – Meu Coco (2021)

Sucessor de “Abraçaço”, “Meu Coco” é primeiro álbum solo de músicas inéditas de Caetano em quase uma década. Em tempos de pandemia, fazer shows para divulgar álbuns não é mais como antigamente. Aliás, sua última grande turnê mundial foi justamente com o amigo Gilberto Gil, para divulgar o disco “Dois Amigos: Um Século de Música”, que levou a dupla multifacetada muitos palcos do mundo. Pode-se dizer que “Meu Coco é uma experiência que contempla muito de sua perspectiva artística e pessoal dos últimos anos, principalmente em termos de posicionamento político, dada a situação do nosso país Brasil – que se encontra absolutamente sem rumos com relação à atual gestão. Caetano sempre pregou a liberdade (seja de expressão, se de ir e vir) e agora, mais do que nunca é hora de exercer o tipo de crítica ácida e inteligente que só ele é capaz de fazer. O álbum, que é um primor de composições a de arranjos, tem sua força na consciência lírica do mestre, que com sagacidade fala de coisas tão simples que certamente confundirá os “intelectualóides”. É um disco para se ouvir com atenção e com amor.

2 comentários sobre “Caetano Veloso – Meu Coco (2021)

Ajude-nos dando feedback!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.