Bruce Springsteen – Nebraska (1982)

Nebraska (1982), foi chamado de “folk”, e isso é verdade, em parte, pois tanto em relação ao seu universo acústico quanto ao criativo as canções têm apelo político. E as canções folclóricas, no sentido tradicional são, em parte, definidas pela maneira como viajam pela cultura da sua terra de origem, e é nesse sentido, quando critica costumes e comportamentos sociais, que o álbum se torna mais folk. Mas Nebraska não convida a sentimentos de comunhão. Essas músicas não fazem parte de uma linguagem compartilhada que as pessoas em uma sala podem falar umas com as outras, são transmissões unidirecionais de um lugar distante e solitário. Ou seja, são no todo, um trabalho muito pessoal. É, na humilde opinião deste que vos escreve, um dos discos mais inovadores do Springsteen em sua época.

Ajude-nos dando feedback!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.