Antônio Carlos Jobim – Passarim (1987)

Passarim é a grande afirmação de Jobim dos anos 80, surgindo numa época em que suas preocupações se voltavam cada vez mais para o Planeta Terra. A música-título é uma das criações mais assombrosas [no melhor sentido da palavra] de Jobim, um grito de dor pela destruição da floresta tropical brasileira que ressoa na memória por horas. Também, nessa época, Jobim havia retomado a turnê com um grande grupo de amigos e familiares, e eles carregam uma grande carga aqui, com muitos backing vocais femininos arejados, duas canções dignas do multitalentoso filho de Jobim, Paulo, e outro do flautista / cantor Danilo Caymmi. Gravado inteiramente no Rio, a sonoridade geral do disco é bem diferente da obra de Jobim dos anos 60 e 70: mais densa, mais nebulosa, ainda alicerçada no samba, porém mais áspera na textura (como a voz de Jobim). Apesar de não ter vencido tão imediatamente quanto os álbuns produzidos pelo Creed Taylor, essa música recompensa a audição repetida – particularmente a suíte estendida da trilha de Jobim para o filme Gabriela – e há amostras de seu humor irônico em “Chansong” e no retrabalho da bossa nova de “Ritmo de Fascinatina


Referências:

Ajude-nos dando feedback!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.