Iyeoka – Say Yes (2010)

Natural de Boston /USA, ela começou sua carreira musical fundando o grupo The Rock, a partir de um coletivo de músicos que lhe permitiu entrelaçar sua às raízes do jazz, blues, funk e até do gospel. Em 2004, lançou seu primeiro álbum solo cujas letras são poesias de sua autoria, intitulado Black and Blues. Seu nome artístico significa algo como “quero ser respeitada” e isto, por si só, diz muito sobre a artista e sobre sua música.

Say Yes é o seu segundo álbum de estúdio e, além de entreter, busca afirmar as raízes afro da artista. Para nós brasileiros, exemplos de miscigenação, o disco pode ser um primor no que diz respeito à mistura de estilos com vistas a criar algo novo. Se bem que nem tudo é original neste álbum de 11 músicas. Mas tem muitos pontos fontes dentre os quais vale ressaltar a coragem da artista em falar dos desequilíbrios sociais aos quais todo o povo afro no mundo sempre esteve submetido. E ela trata destes temas com orgulho e paixão. Durante a audição fica notório o gosto da cantora por estilos como regue, soul, jazz e funk, mas o trabalho é, orientado para a dance music que, certamente, é o seu nicho. Ao contrário do que muitos devem estar pensando agora, não é um disco difícil de ouvir – ao contrário – é bom e pode corresponder a muitos estados de espírito.

Os destaque do disco são: 4) Breakdown Mode, que tem uma batida acelerada e uma fonética inspirada no estilo dos rappers americanos. 6) Simply Falling, que é uma verdadeira peça artística no sentido de expressar força e sensualidade. 8) I Travel Home, uma narrativa declamada que, além de contar uma história de cunho pessoal, também é “poesia”.

Referências:

Ajude-nos dando feedback!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.